Proline - Pensando Bem Proline Facebook
setinha



Notícias > Gravidez psicológica canina: O que fazer?

Gravidez psicológica canina: O que fazer?



Gravidez psicológica canina: O que fazer?


Na ciência, a gravidez psicológica do universo canino pode aparecer sob diversos outros nomes: pseudoprenhez, pseudociese, falsa prenhez e gestação psicológica. Se você desconfia que sua cadelinha possa estar apresentando sintomas e comportamentos de uma falsa grávida, aprenda aqui a como identificar e lidar com a situação.

A gravidez psicológica canina pode acontecer de 8 a 12 semanas após o cio – período fértil das fêmeas, que ocorre, em média, de seis em seis meses e é dividido em quatro fases:

Pró-estro: fase do sangramento vaginal, que dura de 4 a 9 dias;

Estro: fase em que a cadela apresenta corrimento vaginal rosado semelhante à textura da clara de ovo. Esta etapa pode durar de 4 a 13 dias e é durante este período que a fêmea começa a aceitar o macho e a concepção torna-se possível;

Metaestro e Anestro: são os dois últimos períodos de atividade ovariana e é nesta fase em que a falsa gravidez pode o ocorrer.

Os principais sinais comportamentais da gravidez psicológica nas cadelas são inquietação, isolamento, irritabilidade, auto-amamentação e apresentação de comportamentos instintivamente maternos como preparar “ninhos” ou “caminhas” para bichinhos de pelúcia e outros animais.

Outros sintomas como vômitos, falta de apetite, aumento das glândulas mamárias, produção de leite e secreção vaginal podem acompanhar o quadro. Nos casos mais agudos e raros, as cadelas chegam a entrar em trabalho de parto.

Toda essa avalanche de sintomas é causada por alterações hormonais nas quais, mesmo após o término do ciclo estral sem concepção – ou seja, sem gravidez – os níveis de progesterona e prolactina oscilam, provocando comportamentos estranhos.

Na maioria das vezes, os sintomas duram duas semanas e desaparecem naturalmente. Neste período, é importante que os tutores ofereçam conforto para sua cadelinha e não tirem jamais os pseudo-filhotes de perto dela. Em casos mais extremos, a descompensação hormonal pode ser reajustada com medicamentos específicos receitados pelo médico veterinário.

Se você desconfiar que sua melhor amiga canina está passando por este processo, procure um médico veterinário. A gravidez psicológica pode causar algumas complicações, como o “empedramento” do leite nas mamas, por exemplo.

E tenha em mente que a gravidez psicológica é um problema comum e frequente no mundo canino. Porém, cadelinhas castradas têm muito menos chances de passar por esta situação.

Fonte: portalmelhoresamigos.com.br
Por: Paula Soncela
(Foto: portalmelhoresamigos.com.br

Mais Notícias


Nossa especialidade: desenvolver o que há de mais saudável em alimentos para cães.
copyright © 2016 - prolinepet.com.br