Cães, em especial os filhotes, adoram morder, e têm muitos motivos para isso: está no instinto natural deles! Quando recém-nascido, o filhote morde para aprender gostos e texturas. À medida que seus dentes crescem e caem, suas gengivas coçam, assim como bebês humanos. Quando adultos, podem morder como forma de proteção territorial, por energia acumulada, ou então algum indicativo de estresse.

A veterinária Julia Grabin, de Franca (SP), diz que para ensinar um animal a parar de morder é necessário paciência. O ensino deve começar já na infância dos nossos amigos. Oferecer a eles brinquedos que estimulam os sentidos e a inteligência, assim como mordedores, também é uma ótima opção de enriquecimento ambiental, tirando-os do tédio. 

Caso as mordidas persistam, não brigar com o cão, ignorando-o, pode ser uma técnica boa, uma vez que a mordida pode ser sua forma de chamar a atenção do dono. “Ou seja, o animal perceberá que, quando morde, não ganha atenção, não atingindo seu objetivo”, afirma a Dra. Julia. Mudar o foco do cão também pode funcionar: quando ele morder, desvie sua atenção para algum outro objeto/brinquedo.

FONTE: http://portalmelhoresamigos.com.br/dicas-para-seu-cao-parar-de-morder