Os filhotes podem tomar banho, mas não deve ser em excesso e somente a partir dos dois meses de idade. 

Estes banhos, a princípio, devem ser feitos em casa, com água morna, shampoo para filhotes e com o uso de um secador potente. É preciso cautela para o animal, já que o vento e o calor podem assustá-lo.

Para evitar queimaduras, mantenha o equipamento longe da pele e fique com a sua mão próxima, isso ajuda a sentir se o ar está quente demais para o cãozinho.

Utilizar uma toalha para retirar o excesso de água também é importante para agilizar o processo. Faça tudo com calma e paciência. Uma experiência ruim neste momento pode refletir por toda a vida do animalzinho.

Peça a orientação do seu médico veterinário. Coloque algodões hidrofóbicos (impermeáveis) dentro dos ouvidos do pet para que a água não entre, predispondo o peludo às otites.

Ao final, ofereça ao cão algo que ele goste para que associe aquele momento a algo bom.

Assim que você terminar de dar todas as vacinas, ele já poderá tomar banho em um pet shop especializado, mas, até isso acontecer, evite os excessos.