Assim como os seres humanos, insetos usam o olfato para procurar comida. Parece uma informação um tanto óbvia, mas quem possui pet em casa muitas vezes não entende como a embalagem de pet food foi “invadida” por visitas incômodas.

Elas chegam em diversas formas e tamanhos. São carunchos, mariposas, variedades de besouros, baratas e moscas que podem encontrar a ração e depositar ovos, para que as larvas encontrem abundância de alimento para crescer.

Um dos problemas é que, uma vez encontrada uma embalagem infestada, é importante descartar o produto. A ração comprometida pelos insetos perde valor nutricional, e pode gerar problemas de saúde. 

Evitar surpresas desagradáveis não é difícil! Existe uma série de medidas simples que, se observadas, vão diminuir muito o risco de encontrar a comida do seu melhor amigo tomada por insetos.

Uma delas é não deixar o saco de ração encostado na parede, apoiado diretamente no chão. Mantê-lo dentro de um armário, ou no interior de outro recipiente faz toda a diferença. Para os insetos, você está criando uma outra barreira entre eles e o alimento.

Já serviu a comida para seu pet? Não saia correndo! A embalagem deve ficar bem fechada e sem frestas. Você pode usar uma presilha para sacos de alimento. Muitas marcas atualmente já colocam na embalagem algum sistema “abre-e-fecha”, o que torna esse cuidado muito mais fácil.

Este é um dos motivos pelo qual, idealmente, você pode deixar a ração na embalagem original, que é feita pensando em facilidade de proteção e resistência contra a luz e o calor, fatores que também podem comprometer a qualidade nutricional do pet food do seu animal. Se preferir, coloque o próprio saco original dentro um recipiente que proteja de luz, em um ambiente arejado.

Outro cuidado: ofereça sempre a quantia que seu animal está acostumado a comer, no horário de costume. Assim, a chance de sobrar alimento no pote é menor. As sobras também podem potencialmente “chamar” insetos que causam infestação, e não devem voltar à embalagem pois estão umedecidas, pelo contato com a saliva do cão. Nessa condição podem propiciar o surgimento de mofo e bolor.

E claro, como os insetos encontram o alimento pelo cheiro, lave sempre a tigela que recebe a ração. Para você e seu animal, pode parecer somente uma sobrinha, ou um farelo na superfície. Mas para um besouro, ou barata, pode ser um banquete!

Veja mais algumas dicas 

  1. Antes de comprar, tenha certeza de que a embalagem está íntegra, sem rasgos ou furos em seu exterior.
  2. Não deixe sobras pelo chão. Muitas vezes, o problema não vem da embalagem, mas do chão da sua casa.
  3. Evite estocar alimento. Quanto mais tempo você deixar um saco de pet food parado em algum local da residência, maior a chance de ser encontrado por insetos à procura de grãos.

Fonte: http://portalmelhoresamigos.com.br/insetos-adoram-o-pet-food-do-seu-melhor-amigo-nao-deixe-eles-o-encontrarem/