Os gatos são animais ativos e excelentes caçadores na natureza. Seu corpo e seus sentidos foram aperfeiçoados para que eles desenvolvessem a sua capacidade de caça com excelência e precisão. Mas, afinal, um gato se escondendo é normal?

O sentido mais aguçado dos felinos é o olfato, já que ele precisa farejar de longe as suas presas e os seus predadores. Sua audição é, em média, três vezes maior que a do ser humano, fora que os gatos conseguem escutar sons incapazes de serem ouvidos por nós.

Essas características visam trazer mais segurança para o território do gato e mantê-lo longe das ameaças.

Gato se escondendo: por que isso acontece?

O comportamento de “se entocar”” é extremamente importante para os felinos, pois por meio dele é possível: 

  • Se esconder dos seus predadores;
  • Se esconder para depois dar o bote na sua presa no momento certo, ou seja, se esconder também faz parte do comportamento de caça;
  • Ter locais para descansar;
  • Ter locais para dormir;
  • Ter locais para monitorar seu ambiente;
  • Buscar por isolamento térmico;
  • Se proteger do frio.

Qual o melhor esconderijo para o meu gato? 

É onde ele se sinta mais seguro, se identifique mais. Para isso, devemos oferecer diferentes opções para que ele escolha as mais confortáveis, como por exemplo:

  1. Caixas de papelão 

Elas podem ser mais altas e fechadas e com arranhadores dentro. Podem ser mais abertas, servindo também como rotas de fuga. Podem ter formato de pirâmide. Podem ter formato de cubo e podem ter formatos maiores como um octógono.

  1. Tocas de pano ou pelúcia  

Em regiões de temperaturas mais frias, os gatos podem se sentir mais aconchegantes em tocas de algodão, nylon, e formato de iglu.  

  1. Outros materiais

Alguns felinos vão preferir por:

  • Casinhas de madeira 
  • Tocas de plástico
  • Tocas ecológicas  
  1. Túneis 

Os túneis costumam ser os queridinhos dos gatos, não só servindo como esconderijo, mas também como zona de escape em algumas situações.

Por exemplo, os túneis podem ser colocados em corredores ou nas entradas e saídas dos cômodos. Caso na sua casa tenha dois gatinhos que não gostem muito de se encontrar, o túnel pode servir como uma rota de fuga e esconderijo naquele momento, evitando assim possíveis encontros desagradáveis e até brigas.

  1. Móveis nas paredes 

Gatos são animais chamados de “semi-arborícolas”, ou seja, uma boa parte da vida deles é passada em cima das coisas. Na natureza, eles ficariam em cima de telhados, lajes, muros, árvores etc. 

Mas como hoje os gatos vivem dentro da nossa casa (ou apartamento), que é um ambiente adaptado para os humanos, eles acabam suprindo essa necessidade, subindo e se escondendo atrás de armários e geladeiras. Porém, isso pode ser muito perigoso para o gato, causando riscos de acidentes graves. 

É por isso que falamos tanto em verticalizar o ambiente dos gatos, com nichos, prateleiras, camas suspensas ou móveis próprios e desenvolvidos para isso. Buscar e planejar um ambiente felino saudável é o nosso papel como mães e pais de gatos.

FONTE: https://www.petlove.com.br/dicas/gato-se-escondendo